16 out 19

Porsche: "Será uma briga e tanto"

Lado a lado pela primeira vez na história do ABB FIA Formula E Championship, a equipe TAG Heuer Porsche FE se alinha a outras gigantes alemãs: Mercedes-Benz, Audi e BMW. Falando pela primeira vez no testes de pré-temporada em Valência, o chefe de operações da Porsche, Amiel Lindesay, explica por que será "uma briga e tanto".

"Será uma briga e tanto", diz Amiel Lindesay, chefe de operações da equipe TAG Heuer Porsche Formula E. "Mas precisamos voltar as atenções para nós primeiro. Precisamos fazer o melhor que pudermos e, talvez, possamos olhar um pouco ao redor".

Desde que a potência alemã anunciou que entraria no ABB FIA Formula E Championship em julho de 2017, a montadora de Stuttgart tem se ocupado preparando a temporada de estreia na categoria 100% elétrica. Alinhando com outras gigantes alemãs, como Mercedes-Benz EQ, Audi Sport Abt Schaeffler e BMW i Andretti Motorsport, a Fórmula E apresenta seu grid mais competitivo até hoje.  



"Essa é a parte boa do campeonato - há tantas montadoras e tanta competição que estamos ansiosos para fazer parte dele." A Fórmula E é muito diferente daquela a que estamos acostumados. Não é simples", enfatizou o chefe de operações.  

"Estamos todos começando no campeonato da Fórmula E... estar no pódio ao final do primeiro campeonato é o objetivo.

Já no segundo dia de testes de pré-temporada, os pilotos da Porsche, Neel Jani e Andre Lotterer, ainda lideram a folha de tempos, com a Envision Virgin Racing ditando o ritmo. Logo atrás, os rivais bávaros da BMW vêm forte novamente, depois que a equipe comando os tempos nos três dias de testes da temporada passada. 

Os ex-campeões da Audi Sport Abt Schaeffler, a experiente equipe de Fórmula E, estão prontos para a briga com o chefe da equipe, Allan McNish, esperando levar a equipe ao bicampeonato. 

"Estamos todos aqui pela competição", disse McNish. "Estamos todos ansiosos para a primeira sessão de classificação em Riyad, porque é quando a coisa fica realmente séria."

"A equipe que ganhou o campeonato no ano passado não está nesta tabela. Definitivamente, há um sentimento de Bundesliga, mas a realidade é que temos concorrência igual [além das montadoras alemãs]". 

"Somos quatro aqui, mas há outras oito por aí que querem ser campeãs".

Depois de não conseguir defender o título na temporada 2018/19, a Audi sofreu nas etapas iniciais, perdendo pontos importantes antes de terminar em segundo, atrás da DS Techeetah, que ficou com os títulos de construtores e pilotos.

"Não dá para errar agora. Dava para chegar em uma corrida na primeira temporada e ter um final de semana ruim. Mas acho que ficou bem claro que, observando o ano passado, isso acabou."

"Com este nível de competição, surge a necessidade de estar absolutamente pronto", insistiu o chefe da equipe Audi.  

Assista ao vivo a todos os testes de pré-temporada enquanto eles acontecem no centro ao vivo